A Bíblia, toda a Bíblia e nada mais do que a Bíblia, é a religião da Igreja de Cristo.”

C. H. Spurgeon

Igreja Assembléia de Deus

Igreja Assembléia de Deus
Cachoeira Paulista - SP

domingo, 17 de outubro de 2010

Reações diante de uma crise

O texto básico encontra-se em 2REIS 5.1-7

Naamã, o comandante do exército da Síria, era muito respeitado e estimado pelo rei do seu país porque, por meio de Naamã, o SENHOR Deus tinha dado a vitória ao exército dos sírios. Ele era um soldado valente, mas sofria de uma terrível doença da pele. Num dos seus ataques contra Israel, os sírios haviam levado como prisioneira uma menina israelita, que ficou sendo escrava da mulher de Naamã. Um dia a menina disse à patroa: — Eu gostaria que o meu senhor fosse falar com o homem de Deus que mora em Samaria, pois ele o curaria da sua doença. Então Naamã foi falar com o rei e contou o que a menina tinha dito. E o rei ordenou: — Vá falar com o rei de Israel e entregue esta carta a ele. Então Naamã saiu, levando uns trezentos e cinquenta quilos de prata, e uns setenta quilos de ouro, e dez mudas de roupas finas. A carta que ele levava dizia assim: "Esta carta é para apresentar Naamã, que é meu oficial. Eu quero que você o cure." Quando o rei de Israel leu a carta, rasgou as suas roupas em sinal de medo e exclamou: — Como é que o rei da Síria quer que eu cure este homem? Será que ele pensa que eu sou Deus e que tenho o poder de dar a vida e de tirá-la? Ele está querendo briga!
Esta história nos trás algumas importantes reflexões:

A diferença do homem sem Deus que possui uma enfermidade incurável, mas que não conhecia o nosso Deus dos milagres.
E o outro homem sem Deus que deveria ser um exemplo ao seu povo, mas que não tinha comunhão com o Deus dos milagres, estou falando de Naamã o general leproso e do rei de israel.
O primeiro, Naamã , grande general de um exercito vitorioso que deveria compreender que uma benção do nosso Deus não pode ser comprada, apesar que algumas igrejas indicarem o contrário, e que para conseguir a benção requerida ele deveria descer da posição que se encontrava e humildemente se banhar no rio Jordão. E o segundo que certamente conhecia o Deus dos Milagres, mas como muitos dos reis de Israel estava afastado do nosso Deus.
Eu te convido a refleti sobre o momento que você está vivendo e comparar com estes dois homens, você pode esta passando uma crise em sua vida e ainda não conhece por experiência o Deus dos Milagres, quero te apresentar este Deus. Ele te amou de tal maneira que deu o seu Filho Jesus para morrer em seu lugar e esta mensagem é verdadeira e poderosa e pode mudar a sua vida.
Agora a respeito do segundo homem, o rei de Israel, infelizmente há muitos irmãos dentro da igreja vivendo como ele e conhece de ouvir falar o Deus de Israel e chega até a pregar sobre ele, mas não o conhece por experiência e tem reações como a do rei de Israel que no momento de crise acha que o mundo está contra ele. Eu te convido a repensar o modo que você está vivendo o evangelho de Jesus, por que para o servo de Jesus crise é sinônimo de oportunidade de mostramos que Jesus é a resposta para toda calamidade que pode acontecer em uma vida.

Um comentário: